sábado, 20 de dezembro de 2008

O dia em que eu aprendi a brincar de NADA


Tamires é uma pequenininha de 5 anos que mora em cima da casa do Skol, na favela do Pery Alto, Zona Norte. Todo dia ela acorda cedinho e fica brincando pelo quintal, já que ainda não vai pra escola. Quem fica cuidando dela é o irmão de 9 anos, o Felipe, mas deu meio-dia ele sai pra rua e aí só Deus. Dia desses eu estava comendo uma maçã requentando no sol do quintal, e parei pra observar a Tamires brincar com uma bolinha na escada que dá pro barraco dela.

- Tamires, que cê tá fazendo, bem?
- Tô brincando de nada.
- Uia, e como a gente brinca de nada?
- É fácil, ó: vou te ensinar. Você pega as coisas assim (pegou a bolinha), e deixa ela (a bolinha rola devagar pela escada). Viu?

- Tamires, que cê fez hoje?
- Nadei.

4 comentários:

Anônimo disse...

Que linda essa Tamires!
Tomara que ela se lembre desses nadas que serão tudo na experiência formadora dela.
bj
>>>

Cqs disse...

Que lindinha essa história!

Beijos Carolinha

[denise abramo] disse...

que lindo, que lindo!

fiquei imaginando a cena... vc contou de uma forma muito envolvente...

dá um beijo na tamires por mim!

::

Flor que Não Existe disse...

vou dar um beijão nela denise!

e um nocê